domingo, 27 de dezembro de 2009

In-tensidade




"Geralmente se reconhece uma pessoa por seu olhar."

Alguem a muito tempo disse isso. Sábias palavras em tão poucas expressões,
realmete, se conhece uma pessoa por seus olhos, neles se expressam as intenções,
motivações de uma pessoa.

O pior de tudo é quando se conhece uma pessoa tão intensa, que o seu olhar é capaz te fazer estremecer, por mais seguro de si que tu seja, ai, como se algum tipo de onda estivesse passando pelos olhos, olhares, olhadas,
tu passa a não distinguir mais o que há nele. E quando se encontra com outras pessoas, do sexo oposto claro, tu percebe que aquela "tensão" não tem nelas, como se algo estivesse faltando, como se houvesse um grande nada.

Seria essa sensação entre essas duas pessoas, e somente entre elas? ou apenas uma das partes tem essa habilidade?


Felipe F. Younan

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Nota de Esclarecimento.

Gostaria de me desculpar com os leitores sobre o aminha ultima postagens, tenho recebido criticas sobre a postagem. Não entendam mal, nao tenho pré-conceito, apenas nao soube escolher direito as palavras para me expressar.

Desde já, desculpas.


Felipe F. younan

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Meninas e Meninos( que são Meninas)

Sabem, nessas semanas que se passaram, a qual fiquei ausente, me deparei com inumeras situações, situações adversas. Como sempre, ouvi histórias, e fatos/realatos.

E me abobei ao saber que existem meninas que ficam com meninos(que são meninas, ou que querem ser pelo menos), nao entendo, o porquê que tal coisa acontece, é realmente confuso. Digo, tudo que nos acontece é por um motivo, a maneira com que agimos, o que vestimos, como falamos, tudo são "adaptações ao meio", mas o que será que foi ocasionado pra ocorrer essa adaptação? Seria algo do passado? Algo com relação ao pais?(sim a psicanalise culpa os pais por muitas coisas).



O que realmente leva uma pessoa a fazer a tal coisa citada acima?
Vocês(caros leitores) poderiam achar que eu estou inventando, bem talvez, talvez não,
mas a verdade é que cada um tem seus abitos, por mais prejudiciais que sejam, as pessoas o tem.
Sem mais entender a mente humana, e não conseguindo compreender esses pensamentos, encerro por aqui.


Felipe F. Younan

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Passos




Passos à noite, em uma rua deserta, andando em silêncio, ou pelo menos tentando, porque meus pensamentos acordariam todas as crianças do mundo, assustaria os inocentes, e atiçaria os mais loucos. Por fora um semblante calmo, quase sereno, mas em uma linha do olhar, um traço de duvida, insegurança, e incerteza, medo até talvez.


Meu caminho de volta era longo, mas parecia curto, como a padaria da esquina,
talvez seja o costume, ou minha saudade pela noite que me causaram esse efeito,
tenho medo do que possa acontecer.




Felipe F. Younan

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Noite




A noite, reparem que a noite é um lugar.
Não é hora, nem momente, é um lugar. Pois é só a noite que se tem um clima solitário e depressivo. É nela que se tem um silêncio ensurdecedor, e os grilos produzindo seus sons torna a mesma ainda mais angustiante.

Toda vez que me lembro da noite/madrugada, me bate uma trsiteza, uma sensação de que eu deveria estar em outro lugar, como se tivesse pessoas me dizendo isso, como se eu tivesse fazendo alguma coisa errada. É nela que só se ouve os próprios passos, os ecos produzidos por eles.


Portanto, a noite é uma região aonde tudo que ela te inspira é sensação de que algo tá errado, uma senção de insegurança e de medo.


Felipe F Younan

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Poema? Reflexão? ou critica?





Andei as ruas todas em silêncio. Tentando fazer silêncio pelo lado de fora.
Quando você não quer que seus pensamentos acordem as crianças do mundo,
o melhor é escrever uma carta sem muitos ruídos. Mas, antes, chamei minha avó.
A minha avó só queria um abraço. Avós, na minha história, são pessoas que esperam o dia todo por um abraço.
Abraços, na minha história, são técnicas de estourar, com o corpo,
um balão cheio de vazios. Dois rapazes riram das roupas de um homem.
Quis escrever cartas ao homem , pois ele estava na minha frente, mas dois passos eram ainda mais longe que Paris!
Queria dizer a ele que não se sentisse desconfortável no mundo,
tudo bem a sua blusa ser assim. O homem baixou a cabeça como se o carteiro entre nossos passos tivesse errado os braços e o homem,
já tão longe de mim, tivesse atravessado a rua. Quis dizer que a blusa roxa e brilhante brincava de voar no varal,
acenando alegre aos transeuntes. Quis dizer isso a ele, mas não disse, há tantas coisas que não dizemos a um des-conhecido. Talvez, ainda mais aos desconhecidos!
Por isso lhe escrevo, para que você não se esqueça de nosso mundo quentinho(o frio é psicológico...).
Por hoje, fiquei com o começo desta carta e um abraço em minha avó. Foi só...



Felipe F. Younan

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

O medo




O medo,
o medo é como uma criança rebelde que causa muitos problemas,
uma criança a que se tem aversão, que não se é entendida.
Uma das coisas que o ser humano mais teme é o desconhecido,
o que há que ele não se conhece.
Mas o medo como uma criança mal compreendida, não quer que nos afastemos dela,
quer que nós a aceitemos com os braços e o coração abertos,
o seu único problema é que ela não se expressar de maneira correta,
por isso causa o tão conhecido impacto que só ela consegue causar,
pois quando o medo é aceito por nós, ele deixa de ser um mal,
passa a nos fazer companhia no dia a dia, e como uma criança que não se é entendida
passa a ter a nossa aceitação,
e por ter a aceitação deixa de nos causar pânico...



Portanto, aceite seus problemas,
e eles não mais lhe causarão problemas


Felipe F. Younan

terça-feira, 13 de outubro de 2009

O olhar...




O lhar geralmente entrega uma pessoa.
A depender do olhar tu pode dizer se ela é traiçoeira, amigavel, amavel, má..liciosa,
entre outros muito adjetivos.

O meu maior erro é apenas olhar para as pessoas, mas não apenas olhar, é ver elas, analisar as mesmas, dai que muitas vezes a emoção toma conta. Aonde eu vejo 30 defeitos, eu vejo uma qualidade, uma qualidade que eu procuro, e ai, começa todo o processo de "afeição"? não sei ao certo a palavra que eu devo usar aqui, pois ao falar de sentimentos, todas as pessoas ficam confusas,
bem, pelo menos a maioria delas....


Felipe F. Younan.

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Uma maquina chamada homem




O homem, o que o torna tão especial assim?
afinal o corpo do homem, é uma maquina perfeita, tem fluidos, revestimento, se auto concerta quando infligido algum dano, tem a capacidade de criar a sua própria eletricidade, mas isso não o torna especial nem fascinante, isso o torna apenas uma obra de engenharia muito bem elaborada.


Quando qualquer homem passa a sentir atracão por uma pessoa, isso o faz ainda mais magnifico pois nós temos a dádiva do sentimentos, nós animais de sangue quente. Percebam que todos os animais de sangue quente possuem sentimentos.

Porem analisando cruamente, isso é apenas uma ilusão do cérebro, pois ele fica pensando, e o seu subconscientes começa a engana-lo, para nós vermos a força de nossas mentes, então talvez se pensarmos firmemente que somos o que queremos ser, seremos, pois como já disse alguém, querer é poder.


Felipe F. Younan

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Paris




Havia um cego sentado na calçada em Paris, com um boné a seus pés e um pedaço de madeira que, escrito com giz branco, dizia:

“Por favor, ajude-me, sou cego”

Um publicitário, parou e viu umas poucas moedas no boné. Sem pedir licença, pegou o cartaz e o giz, e escreveu outro anúncio e foi embora.

Mais tarde o publicitário voltou a passar em frente ao cego. Agora, o seu boné estava cheio de moedas. O cego reconheceu as pisadas e lhe perguntou se havia sido ele quem reescreveu seu cartaz, querendo saber o que havia escrito ali.

O publicitário disse:

- “Nada que não esteja de acordo com o seu anúncio, mas com outras palavras”

Sorriu e continuou seu caminho. O cego nunca soube, mas seu novo cartaz dizia:

“Hoje é Primavera em Paris e eu não posso vê-la”(Derek Destito)

Eu aprendi, que tudo o que precisamos, é de uma mão para segurar e um coração para nos entender. (Shakespeare)

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Em uma época dourada....



Apos ver esse video, penso:
Como os tempos mudaram, os valores a cultura a musica, tudo.
Chego a pensar que anos após a exibiçao do mesmo o planeta nao evoluiu, pelo menos nao nos aspectos necessarios.

Desde aquela época muita coisa aconteceu: houve a descoberta e a dissiminaçao do computador, as pessoas passam a se tornar mais frias, e com menos contato humano.
As letras de musica tendem a mudar com linguagem e contextos mais obcenos, uma coisa desigual.
Os valores morais, éticos e etnicos foram desvalorizados, os homens hoje nao prezam mais a palavra, e sim, o acumulo de $ , nada mais é como era, as vezes sinto uma lastima por ter nascido em uma época errada, onde nao havia o mal nas pessoas, onde poderia se deixar o carro aberto em meio à rua que nada aconteceria à ele.
Infelizmente é esse o mundo que cultivamos de uns 30 anos para cá.

Como alguem já disse certa vez:
"Estamos tentando deixar um mundo melhor para nossos filhos, mas quando vamos começar a pensar em deixar filhos melhores para o nosso mundo."



Felipe F. Younan

quarta-feira, 22 de julho de 2009

. . .

"...Não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam.
Não importa o quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando, e você precisa perdoa-la por isso.
...Aprende que, ou você controla seus atos, ou eles o controlarão, e que ser flexivel, nao significa ser fraco ou não ter personalidade, pois o importa, o quando lhe cabe ou fragil seja uma situação, sempre existem dois lados.
...Descobre que algumas vezes a pessoa que espera que o chute quando você cai é uma das poucas que o ajuda a se levantar..."


Muita sabedoria detida em um pensamento de Willian S. sem duvida, as vezes me pego pensando sobre, o que algumas pessoas por mais que fiquem ouvindo, ou lendo, essas palavras não as aplicam em seu dia-a-dia, o que é lastimavel, pois ouvem e nao escutam. sinto por elas, infelizmente são pessoas sem visão, sem alguma expectativa, e as vezes sem algum objetivo, seja ele momentâneo ou de vida.


Felipe F. Younan

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Feliz aniversário....





Querido Blog, querido não, querido é coisa boiola, caro blog...


suahushaushuahsuahushas

momento Caceta e Planeta
xD

Mas bem vejamos
Dia 8 de Julho foi meu aniversário(dois dias atras).
Me surpreendi ao ver que muitas pessoas(pelo menos mais do que imaginei) vieram me parabenizar, realmente estupefado.


Mas bem, Honestamente nao vejo nada em especial nessas datas que são chamadas de aniversários, são dias como todos os outros, nesse dia, as pessoas por mais que nao simpatizam por ti vem ser, ou ao menos tentar, "simpáticas". Não entendo isso. Pois por qual razão elas o fazem? e o pior com um sorriso armado no roso encruado e palido, muitas vezes. Elas poderiam o fazer com o mesmo tom bravo e fechado com o qual falam contigo, nao poderiam? pelo menos eu o fasso, e deixo bem claro começando com a seguinte frase: " Sei que temos nossas diferenças, mas isso nao significa que eu nao seja mal educado."
a pessoas por mais "dura" que seja se desmonta na mesma hora, seja qual for.

Felipe F. Younan.

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Retrospectiva do passado

Crio agr, um novo tipo de postagem, tenho feito desde de que inicei o blog, postagens reflexivas sobre min, acredito q sejam boas.

Mas estas q irei fazer, sao de frases que já foram ditas por pessoas que foram a pedra no sapato de muitos eu que até hoje suas frases ainda tem um certo efeito, mesmo que pouco, sobre nós.

para abrir usarei uma frase de Oscar Wilde, eu li um livro dele a muito tempo, chamado "O Retrato de Dorian Gray", muito bom o livro, mas em sua vida ele disse frases q fazem as pessoas refletirem, e quem conhece um pouco de história conhece os impactos q elas tiveram, seja na Burguesia, no Rei e até mesmo na Igreja Católica.

espero q gostem
XD






"Há três tipos de Despota:
O que tiraniza o corpo, o Principe.
O que tiraniza a alma, o Papa.
E o que tiraniza o corpo e a alma,
o Povo"
Oscar Wilde (1854-1900)


terça-feira, 30 de junho de 2009

sábado, 27 de junho de 2009

Poema?



"há momentos em q se deve pensar, e ha momentos em q se deve agir... e sao poucos os momentos, q se deve deixar levar"


Felipe F. Younan

sexta-feira, 19 de junho de 2009

A Ignorância Humana





Só duas coisas são infinitas:
o universo e a ignorância humana.
...e eu não tenho certeza sobre o universo..."
Albert Einstein.


Definitivamente as pessoas sao ignorantes, e nao se dao conta disso,
posso muitas vezes estar recorrendo ao meu blog para críticar a sociedade, mas nao to nem ai, pois muitas das pessoas hoje em dia nao estao nem ai para os outros.
A pior coisa é o egoismo, e o fulanocentrismo (eu sou o centro e nao to nem ai pra ti) em termos já ditos, egoismo.
Mas o que me aboba de ver sao as pessoas ignorantes, sempre acham que estao por cima, sempre, elas precisam sempre inferiorizar alguem para contentar seu ego, seu orgulho para se manterem por cima.

Essas ultimas semanas, pela as quais estive ausente, tive inumeras situaçoes que me comprovaram isso, ao conversar com uma pessoas, reparei que ela tava tentando me espizinhar, me botar la em baixo, e com todo o jeito, mostrei pra ela que fuçinho de porco nao é tomada; para todos que me conhecem e conversam comigo, sabem que eu gosto de ler. E que já li "Sun-Tzu A Arte da guerra", e nesse livro retrata como um general deve conduzir seu exercito. Pois bem, a vida pode ser comparada com uma guerra, aonde as pessoas tentam sobreviver, e uma passagem muita clara de Sun-Tzu é
"...fácil é demonstrar-se inteligênte, difícil é demonstrar-se um tolo..."
essa pessoa me acha um tolo, pois bem, só tenho de agradecer a ela pq ela mostra o quao bem eu tenho seguido os meus livros, o quao bem eu tenho "lutado" nessa guerra chamada vida.

E ao mesmo tempo sinto pena por ela, pois esta se tornando uma pessoa sozinha, e se ela nao mudar seu modo de ser, a tendencia é que ela cada vez mais fique só.


Felipe F. Younan

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Frase da semana




O medo gera insegurança,
a insegurança gera a duvida
e a duvida leva a ruina




Felipe F. Younan

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Sorriso...



Nós pessoas nao percebemos o quão importante é um sorriso, temos dificuldade, pois, quando nada vai bem, piora ainda mais.


Numa terça-feira
que se passou, eu nao tava la essas coisas, nao tava muito "amigavel" e "sociavel"
e quando tudo ta ruim... nao poderia piorar, uma velha amiga me encontra, só que ela tava com um sorriso de orelha a orelha, nao entendia como que ela conseguia sorrir tanto assim, ficamos conversando por 30 min, e foi uma das conversas mais extensas que eu ja tive até hoje, e em 30 min, ela me dexo la em cima, todo o tempo que nós nos falavámos, ela sempre sorrindo e sempre olhando no olhos.

...tenho de agraecer ela qualquer dia desses...

As pessoas nao dão valor a mu sorriso, a coisa mais simples e prática do ser humano, todas as pessoas podem faze-lo, porem, sempre o fazem com desprezo, arrogância, deboxe, usao uma coisa tao, me atrevo a dizer, sublime para sentimentos fúteis e inúteis que nunca levaram ninguem a lugar algum e nao usam o sorriso com alegria e felicidade, muitas vezes me atrevo a pensar se elas tem alguns desses sentimentos....

Portanto, sorrir faz bem para todos, mesmo que nao tenha ninguem triste a sua volta, sorria, fara as pessas a sua volta se sentir bem.



Felipe F. Younan

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Olhar meu Querido olhar


Olhos de tamy


Olhos, o que eles tem a nos revelar?
bem, dentre muitas coisas, o tipo de pessoas de qm eles sao.
ora,ao olhar nos olhos de uma pessoa tu pode muito bem saber se ela é calma, feliz, triste, bricalhona, inocente, maliciosa entre outras qualidades q eu poderia ficar citando por linhas e linhas.
Mas os olhos de uma pessoa, vem seguidos do rosto, mais da expressoes que aquele rosto produz, isso sim caracteriza uma pessoa.

ao falar contigo, e a pessoa tem um leve espasmo na palpebra inferior é bom correr, pois ela vai te jgar uma pedra.

Mas um olhar em si vale mais do q mil palavras, bem talvez pq eu seja homem, e um homem preza mais o olhar do que qualqer outra coisa, já a mulher preza mais o toque, mas estou aki falando do olhar,
um leve e sutil olhar de algumas pessoas valem mais de muitas outras conquistas já adquiridas


Felipe F. Younan

sexta-feira, 1 de maio de 2009




Agora a noite, enquanto tava no msn, fazendo o tempo passar, fikei 5 min parado, quieto, e pensando na minha semana, foi neste momento q eu tive a minha epifania(uma revelaçao)pensei muito em uma coisa em particular, meus atos.

Sera q eu nao estaria afastando as pessoas com eles? ou com o q eu falo? eu seria o tipo de pessoa inconveniente q eu tanto reprovo? tenho reparado certas pessoas nao qerem ter uma conversa, seria pq eu to me tornando dessa maneira? sera?


Mas ai eu me lembrei o um psicologo me disse a uns 3 anos atras:
"Tu te cobra demais".

Ai, logo, eu levantei outra qestao: sera as pessoas pensam nos atos delas? Não digo apenas durante os problemas, mas no geral, sera q elas pegam, 5 min por dia, para pensar nisso? Ou ja digo mais 5 min por SEMANA!

Chego a conclusao de que hoje ninguem mais se importa com seus semelhantes, ou com seus atos, nao se preocupam se estao atingindo alguem, não se preocupam se a compania delas agrada uma/um pessoa/determinado grupo de pessoas, se ela esta ou não sendo conveniente, agradavel, qerida talvez....


E elas nao o fazem, pois estao apontando os defeitos dos outros.
Socrates disse certa vez:

"Ao apontar o dedo para uma pessoa, lembre-se: tu tem três dedos voltados para ti".


Felipe F. Younan

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Idade/Velhice/tempo




Hoje vi duas pessoas, mulheres, antigas amigas, da 4ª-5ª séries
ainda andavam juntas, ai eu pensei:
"puta merda q legal, faz anos q eu as vejo, e tao diferentes".

detalhe: eu era apaixonado por uma delas, muito, pelo simples fato dela ser bonita, ser legal, simpática e gente boa.
Mas com o tempo as pessoas mudam, e ela mudou muito, e nao foi la pra melhor... estava da seguinte forma: fora de forma, arrogante, prepotente, orgulhosa, como se fosse a dona da verdade, quase pisou em cima min.

Mas a questão é que, sera q ela mudou? ou apenas com o tempo exteriorizou o que era?
bem no 3º livro do Harry Potter,O Prisioneiro de Azkaban, lupin fala uma coisa q tem um certo fundo de verdade:

"Com o tempo o corpo reflete a loucura da alma."

sera q ela realmente exteriorizou o q ela era?
nao sei ao certo, mas a idade/velhice/tempo é bom, muda as pessoas, ou melhor dizendo, fazem elas mudarem, seja por qual for as razoes elas mudam, é uma parte fundamental do que nós chamamos de "vida".

mas tenho q admitir, no fundo eu tenho certto admiraçao por elas, nao sao hipócritas, pelo menos comigo nao foram, mas como disse Chico:

"Prefiro ser odiado pelo que sou, do amando pelo que nunca fui".



Felipe F. Younan

sábado, 25 de abril de 2009

Frases de Final de semana.





o amor
ou seja qual for o sentimento nao existe medida
e nao tendo medida nao tem explicaçao

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Amizades...


Dê play no video e leia a postagem com fundo musical mandando por Flavia.



Definitivamente hoje deparei-me com certa situaçao:
uma velha amiga me disse q nao tinha amiga, amiga mesmo, logo, me disse q só haviam duas, e essas duas amigas estava namorando.

Duas coisas eu tenho certa discordância:
-amigos, nao são um titulo, nao se nomeiam, é uma condiçao, sao reconhecidos depois de muitos problemas arduoes e dificeis.
-Amigos nao se trocam, por relacionamento à dois, desde quando alguem tem de se entregar corpo e alma para um relacionamento q nao é nem casamento, e sim um namoro ou uma ficada.


é angustiante ver hoje q nao me sobram pessoas com quem eu possa contar, sao muito poucas, se contam nos dedos de uma mao amputada, mas desavenças, sao muitas....

pq essas pessoas se imcomodam tanto com os outros?
bem
nao sei ao certo, qm sabe um dia saberei, mas até lá só sei q nada sei e tbn que só se atiram pedras em arvores que dão frutos.



Felipe F. Younan

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Ignorância...




Definitivamente a ignorância é uma dadiva dos tolos,
pessoas com um certo conhecimento sofrem pelo simples fato de não
consegurem ter uma boa conversa e nem se relacionarem
com alguem a uma certa altura.

Hoje deparei-me com uma certa situaçao:
ao falar com uma pessoa percebi que ela mentia,
nao pelo simples fato de eu "ler" isso nela, mas sim pela frase mal elaborada
da mesma, e se eu perguntasse uma nome, ela nao saberia me responder
ou daria uma nome totalmente aleatório.

Mas essa não é o caso,o caso é que, todoas as pessoas(no geral)
que detem um certo esclarecimento/conhecimento, sabem do que falo,
pois, quanto mais saber se adquiri, mais culta a pessoa se torna, logo,
vê coisas que não aceita.

Tem-se tambem muitas pessoas q não detem conhecimento algum; como por exemplo os porras locas, idiotas, burros e os popularmentente falando os "retardados".

Então "a Ignorância é uma dadiva dos tolôs"

sexta-feira, 20 de março de 2009

Silêncio





É difcil ficarmos em silêncio?
Digo, quando uma pessoa fala qual é a dificuldade de ficarmos em silêncio.

E qual é dificuldade das pessoas ficarem quietas enquanto elas falam, mas nao, tem de dar a opiniao, nao se dao conta, que muitas vezes o melhor remédio é se manter imparcial,muitas vezes a maior necessidade de uma pessoa é de falar, nao de ouvir, entao

CALEM SUAS BOCAS,

o silêncio é sempre sem sombra de duvida, o melhor remedio.

F.F.Y.


sexta-feira, 6 de março de 2009

Após meses sem ao menos entrar nessa tranqueira to voltando e agr com novbos pensamentos e raciocinios

"dar um tempo" é bom as vezews, nos amadurece, nos muda.....
espero q para melhor..


F.F.Y.